A fama do Brasil lá fora (ou aqui fora)

Ai se eu te pego e a Balada do Gusttavo Lima sao as músicas que mais tocam nas rádios austríacas.
Pelo menos uma vez por semana passa um documentário, ou pelo menos é citado algo sobre o Brasil nos progamas de TV que eu assisto de vez em quando (e assim, eu nao passo o dia todo na TV, o que me faz acreditar que eles falam muito mais do Brasil do que eu acabo assistindo).
Todos aqui sabem um pouco sobre o Brasil, conhecem alguém que já morou lá, ou tem muito interesse em pelo menos visitar o nosso país um dia.
Mas muitas vezes eu nao sinto o orgulho que eu queria sentir do meu país. A maioria das vezes que vejo algo sobre o Brasil na TV é sobre a destruicao da Amazonia, ou sobre a pobreza, ou sobre a Copa do Mundo (falando de quao atrasadas estao as obras). Claro que também se fala que a economia cresceu, mas com isso já se comenta sobre a desigualdade social.
E aí, como eu vou defender o meu país quando tudo o que falam é verdade? Fica dificil né.
Esses dias eu fui no cinema assistir um filme sobre Hidrelétricas e os efeitos colaterais que elas causam na natureza. Fiquei chocada. A sala do cinema estava cheia (nao me perguntem como, porque eu também fiquei surpresa), e a metade do filme foi só falando da Usina de Belo Monte. Mostraram todos os contras, e a destruicao que vai causar quando ficar pronta. Saí do cinema correndinho, pras pessoas que me conheciam lá nao me perguntarem nada. Nao sei o que falar. Também nao entendo como é que isso pode acontecer.
Depois, andei lendo e descobri que a parcela que vai ser alagada para a hidrelétrica na verdade é nada comparada com a média anual que é queimada e devastada todos os anos da nossa floresta. Pra quem ainda nao comparou os dados, a hidrelétrica alagaria uma área de 516km² (claro que tem que levar em consideracao as instalacoes e o fato de que quanto mais gente na área, mais desmatada ela será). Mas a média anual de desmatamento da Amazonia é maior que 20.000km² por ano!
O pior de tudo é saber que os ambientalistas que tentam protejer a área acabam sendo mortos, e que o Brasil é o recordista em ambientalistas mortos! Mais da metade dos assassinatos de ambientalistas nos ultimos 10 anos aconteceram no Brasil.
Entao vem a questao, se quem tenta salvar o meio ambiente é morto, de que lado estamos? Infelizmente tenho que admitir para os gringos que nosso governo está dando a mínima para as questoes ambientais, e só quer saber de enriquecer os ricos.
Pessimista eu? Infelizmente nao. Eu sou uma das únicas (senao a única) brasileira por aqui que quer voltar a morar aí. Eu tenho medo do que vai ser do nosso lindo país daqui há uns anos, tenho mesmo. Mas mesmo assim, quero voltar. Tenho confianca nos brasileiros, e acho que vamos ser um país melhor um dia.
Porque somos um povo amado por todos. Temos uma alegria, uma simpatia e uma simplicidade que dá a fama boa que o Brasil tem.
Mas e a hidrelétrica?
Bem, ainda sou contra, mesmo com a comparacao das áreas. Porque o que o mundo sabe é que o Brasil está matando o pulmao do mundo para criar energia. Por enquanto nao sabem que a realidade é bem pior.

Recommended Posts

Leave a Comment