Show do Bryan Adams

Há algumas semanas, o marido recebeu um email do banco no qual possui conta perguntando se ele gostaria de participar de um “Gewinnspiel” (ou um joguinho para ganhar alguma coisa) e ele aceitou. Acabou ganhando, e o prêmio foi dois ingressos para o show do Bryan Adams no Clam Burg, em Oberösterreich (Oberösterreich é um estado aqui da Áustria – Upper-Austria em inglês). Logo que ele soube do prêmio, já me falou que nao tinha interesse em ir, por nao gostar do cantor e pelo fato de Oberösterreich ficar há uns 350km daqui. Eu também nao sou fanzona do Bryan Adams e já estava conformada em nao irmos, mas resolvi perguntar a uma amiga se ela gostaria de ir comigo, e ela topou.

Como o show era no dia do feriado de Corpus Christi, ficou ótimo porque assim pegamos a sexta de “Fenstertag” (o dia janela, ou o famoso “emendar a sexta”). Um amigo da minha amiga mora bem pertinho do local do show e ofereceu para ficarmos na casa dele, e nao precisamos ficar em hotel. Além disso, como sou uma menina esperta, publiquei no Mitfahrgelegenheit (site de caronas dentro da Áustria e Alemanha – preciso fazer um post sobre esse assunto também) que estava indo naquela direcao, e ofereci carona para quem quisesse ir junto. Duas meninas foram conosco até Salzburg, e com isso ainda ganhei um trocado que deu pra pagar a gasolina da ida! E a da volta a minha amiga insistiu em pagar, por eu ter dirigido. Ou seja, a viagem saiu totalmente de graca!

Agora vamos ao show. Eu nao tinha nenhuma expectativa, porque nao sou fa do cantor e nao conhecia muitas músicas dele a nao ser as mais famosas como “Summer of 69, “Heaven”, “I do it for you” e “Have you ever really loved a woman” (essa últma ele acabou nem cantando! :P). O local do show era ótimo. Um descampado que fica ao lado de um castelo (Clam Burg) e que tinha uma certa elevacao; o palco ficava localizado na parte mais baixa, entao todos tinham uma ótima visao. Chegamos cedo e pegamos um lugar relativamente perto do palco, e ficamos por ali até acabar o show. A infraestrutura também era ótima, banheiros bem limpos e filas bem rápidas, além de variedade de bebida e comida no local, por precos bem justos.

O show teve uma banda de abertura, que foi bem legalzinha mas que agora nao me recordo como chamava. O Bryan Adams foi realmente um espetáculo a parte, super carismático, chegou falando alemao e tudo, e botou a galera pra cantar e dancar o show inteiro. Fiquei bem impressionada. As expectativas, por serem baixas, foram mais do que superadas. Minha amiga é quem amou mais ainda, pois ela gostava muito dele na época que era mais famoso e que a música do Robin Wood estourou nas paradas da AM e FM. 😉 Nos divertimos muito, e voltamos para casa bem contentes e satisfeitas com nossa viagem “costless”.
Na verdade, está acontecendo um festival lá no Clam Burg e o show do Bryan Adams foi o primeiro do feriadao. Também vao passar por lá “Sunrise Avenue”, “30 seconds to Mars” e “James Blunt”.

Agora o final de semana vai ter que compensar o feriado, pois tenho prova na semana que vem e preciso estudar!!! Primeira prova do doutorado, preciso ir bem! Nao pensem que eu só passeio, eu também estudo nas horas vagas entre uma viagem e outra, viu? hehehe. Mas vai dizer que você também nao iria aproveitar um show internacional de graca?? 😉
Beijocas da Mari!

Recommended Posts

Leave a Comment