Fim de semana em família

Voltando ao normal do blog. Talvez eu volte a contar sobre o resto do passeio com a vó aqui, mas por enquanto vou dar uma pausa e falar sobre o final de semana.

Minha prima que está morando na França (alô, Carol!) veio nos visitar. Ela chegou na sexta no fim da tarde. Como ela passou o dia viajando, logo fomos jantar com ela e meus cunhados no restaurante Vapiano, no centro de Innsbruck. Pra quem mora aqui, ou vem para cá ou para outros lugares onde existe restaurantes da rede Vapiano, fica a dica: Não deixe de ir! A comida é ótima, os restaurantes são super legais (decoração e conceito) e o preço é bem bacana.

Como ela estava de aniversário na semana passada, aproveitamos para fazer uma festinha pra ela aqui em casa, só pra não passar em branco. Compramos balões (que festão!) e bandeirinhas, além de uma Sacher Torte (bolo de chocolate com geléia de damasco) que tava uma delícia! Fica a dica 2: quem tá a fim de comer um bolo bom, mas não tem tempo de preparar ou não quer gastar muito com bolo de confeitaria, compre uma Sacher Torte congelada! São ótimas e depois de descongeladas parecem fresquinhas. 🙂

Para aproveitar bem o sábado, saimos de manhã de casa para fazer uma trilha. Chamamos uma amiga e o irmão do Thomas com a namorada. Fomos de carro até Imst, e subimos a Rosenheimerschlucht. Schlucht significa desfiladeiro, então já dá pra imaginar o nível da trilha. Mas não era tão difícil não. O caminho segue um rio e com algumas cachoeiras, tem um visual bem legal, e vai passando de uma margem para a outra por pontes. Além disso também tem uns túneis e cavernas pelo caminho. A trilha é bem legal, não é muito cansativa, e vale a pena pela paisagem linda do desfiladeiro e do rio de águas cristalinas.

Rosenheimerschlucht

Da trilha seguimos para o Alpine Coaster. Subimos de bondinho até o topo, onde almoçamos, e depois fizemos a descida. O Alpine Coaster é como uma montanha russa que acompanha o relevo (mas sem loopings, claro!) e é super divertido! Aqui chama-se na verdade Sommerrodelbahn – cuja tradução seria trilho de trenó de verão). Esse que fomos é o maior do tirol, são 3,5km de descida, e 500 metros de diferença de altitude. Eu amo descer de Sommerrodelbahn, e super recomendo pra quem nunca foi. É divertidíssimo!

Alpine Coaster

Para fechar o dia, fomos na Jungbauernball (baile dos jovens agricultores) de Ellbögen (vilarejo onde a família do Thomas mora). Primeiro fizemos um esquenta na casa das prima (deixa assim pra quem conhece a música, hehe). onde elas nos emprestaram roupas apropriadas para a festa. Eu até tenho um traje típico, mas eu não sirvo mais nele (ele encolheu, sabe), e por isso peguei emprestado um delas. haha. Todos falaram para a Carol que o baile era mara, muito grande, cheio de gente, e blablabla. Chegando lá, ela ria que se acabava… Sabe né, um vilarejo de 1.000 habitantes, um baile de 300 é muita gente! 😉 Os detalhes do baile a gente deixa nas interna, tá Carol? Mas que foi mara, foi! Apesar de termos que voltar pra casa cedo, porque a Carol tinha que pegar o avião no outro dia, aproveitamos bastante.

Jungbauernball

[/vc_row]

No domingo saímos de casa cedo rumo a Munique, onde deixei a Carol pegar seu avião para Paris, e voltei pra casa e dormi o dia todo… Oooo coisa boa! 😉

Recommended Posts

Leave a Comment