E esse dezembro que passou voando?

Retrospectiva de dezembro:

No começo de mês tivemos a visita da Mah e do Beto. O tempo não colaborou muito com eles, mas mesmo assim puderam aproveitar um pouquinho a cidade e até pegaram neve e foram esquiar. Fomos passear no Schloss Ambras e patinar no gelo, além de passear pelo mercado de Natal e jantar num restaurante de comida típica austríaca. Foi ótimo tê-los aqui! E Mah, sabes que você mora no meu coração né!

Depois teve os encontros no mercado de natal para alguns glühwein (vinho quente) com direito a comida de graça (voltando do mercado passo pela barraca de comida fechando e me ofereceram pra levar uma jantinha pra casa) e o café da manhã natalino com os amigos brasileiros que moram por aqui.

E pra fechar com chave de ouro, teve a visita da prima Carol, que veio passar o Natal conosco e ficou uma semana aqui. Preciso dizer que eu amei esse dezembro, e que desde que moro aqui nunca me senti tão em casa nessa época de festas de final de ano quanto dessa vez. Visitas são sempre bem vindas; quando vêm pro Natal, especialmente.

Carol é daquelas prima-irmã. Por ter a mesma idade da minha irmã mais nova, sempre passava férias conosco, tanto em Campo Alegre quanto na praia. Dividir a casa com ela nessa época de Natal me fez sentir de volta em casa, ou sentir mais em casa. Não sei bem explicar, mas foi muito bom (entende né, Carol?). O Natal aqui é tão sério, tão formal, e nós duas juntas deixou o clima mais leve, mais alegre.

Papai Noel veio gordo esse ano, trouxe um snowboard pro marido, e pra mim, uma bolsa linda e patins para o gelo. Depois do jantar e de abrirmos a árvore, fomos à missa no vilarejo onde a família do marido mora. A missa foi bem bonita, com a banda filarmônica local tocando ao fundo. Depois da missa, cantaram Noite Feliz* em alemão.

Apesar de o Natal não ter sido branco (não nevou muito antes do Natal esse ano), no dia 26 a neve veio contudo e tá aí, pra felicidade geral (menos pra minha). Espero que todos tenham tido um Natal muito agradável, seja com a família ou com amigos, ou até mesmo sozinho se for o caso. O estresse pré-Natal se foi, agora é hora de recarregar as baterias para 2015!

Beijos à todos!

*Noite Feliz é uma canção tirolesa, que foi inicialmente composta para o violão pois o órgão da igreja estava estragado. A canção foi exportada para os EUA e para a Rússia, e tornou-se a música mais conhecida de natal do mundo, sendo sido traduzida em mais de 300 línguas. Os austríacos (principalmente os tiroleses) são muito orgulhosos dessa canção e de sua fama.

Recommended Posts
Showing 16 comments
  • Daniele

    Oi Mari! Estou indo à Innsbruk em Dezembro de 2015. Será que vejo neve mesta época? Obrigada!

  • Mari

    Oi Daniele!
    Em dezembro normalmente já temos neve sim! Talvez nao na cidade, mas com certeza já vai ter nevado nas montanhas. 🙂
    Abracos!

  • Daniele

    Obrigada Mari. Me tire algumas dúvidas: existem pistas de patinação na cidade? Nas montanhas tem atividades para crianças de 7 e 8 anos?

  • Mari

    Oi Daniele! Existem algumas pistas de patinacao aqui sim. Provavelmente em Dezembro já devam estar abertas, pois já é bem frio nessa época. Existem diversas atividades para se fazer com criancas na neve, como andar de trenó ou até mesmo esquiar. Atividades aqui é o que nao falta! 🙂

  • Daniele

    Ai que ótimo Mari! Muito obrigada pela atença!
    Abços, Daniele

  • Natalia

    Olá, Mari!! Adorei seu post. Pretendo ir de Munique a Innsbruck dia 13/12. É tranquilo comprar passagem de trem na hora ou precisa de antecedência? Obrigada!

  • Mariana Goncalves

    Oi Natalia!!!
    Vou te dar uma dica ainda melhor que o trem: pegue o ônibus da empresa Mein Fern Bus (www.meinfernbus.de).
    O ônibus custa apenas 8 euros enquanto o trem custa mais de 20. Fora que na hora o preço do trem pode ser ainda mais que isso. Na verdade nunca peguei trem sem comprar antecipado, mas desde que existe esse ônibus, só uso ele para ir para Munique! Ah, e o ônibus é melhor comprar 24 horas antes do embarque porque na hora acho que é 12 euros mas pode ser que não tenha mais lugar, entao é melhor garantir!
    Divirta-se em Munique e em Innsbruck também!!!
    Beijos!

  • Natalia

    Mari, muito obrigada pela dica!! Vou ficar em Munique apenas 3 dias inteiros, dai lhe pergunto, vale a pena fazer um bate e volta de Munique para Innsbruck em 1 dia de ônibus? Não pretendo esquiar, apenas subir nos Alpes para admirar a vista e conhecer o centro histórico. Será que dá tempo? Há algum restaurante bacana em cima dos Alpes?
    Abç

  • Mari

    Oi Natalia!
    Innsbruck é beeeem diferente de Munique. Eu diria que vale a pena sim, mas tem que levar em consideracao que serao praticamente 6 horas de viagem (quase 3 horas cada trecho). No auge do inverno, escurece antes das 17:00. Sendo assim, você pode vir para Innsbruck de manha cedo, passar o dia aqui, subir a Nordkette (http://www.nordkette.com/) com o teleférico, passear pelo mercado de Natal, ver o centrinho histórico e o telhadinho de ouro, e depois voltar para Munique. Consegues fazer tudo isso em um dia e sobra tempo! Eu olharia primeiro a previsao do tempo também. Se o tempo estiver fechado, talvez nao valha a pena. Mas se tiver sol, com certeza! 🙂
    Beijos

  • Samuel

    Ótimo blog! No começo de dezembro, lá para o dia 10, precisamente, a paisagem vai estar assim, com os alpes todos brancos ou fica apenas em janeiro/fevereiro? Neva em Innsbruck em dezembro? Obrigado!

  • Mari

    Oi Samuel!
    Depende muito… Eu acho que esse ano vai estar sim, pois parece que a previsao é para nevar na semana que vem. Mas ano passado só nevou depois do Natal, e no ano anterior nevou em outubro e depois só em janeiro.
    Abracos!

  • Samuel

    Mari, Qual a maneira mais econômica para ir de Fussen para innsbruck, estarei vindo de Munique, paro em Fussen apenas para conhecer os castelos e sigo para innsbruck.
    Grato pelas suas valiosas informações

  • Mari

    Olha Samuel, vou te contar que de Fussen para cá nao tem caminho mais fácil… É bem complicadinho na verdade. O que você pode fazer é tentar vir por Memmingen ou Garmisch-Partenkirchen, e pegar de lá um trem ou o Mein Fern Bus.

  • Samuel

    Entendi Mari, estava avaliando os custos e benefícios para ir de carro. saindo de Munique,visitando Fussen e com destino Innsbruck, agora te pergunto, a estrada é bem sinalizada? Pelas condições climáticas você vê algum problemas em dirigir?
    Muito obrigado mesmo pelas suas informações.

  • Mari

    Eu acho que essa opcao seria a mais fácil. Sim, as estradas sao bem sinalizadas mas é melhor você baixar algum gps no seu celular ou pegar o carro com gps. Quanto as condicoes climáticas, aqui eles estao preparado para neve, entao as estradas estao sempre limpas. Caso esteja nevando na estrada, é só ir devagar. Eu dirijo aqui desde que cheguei, no comeco tinha um pouco de medo, mas é só ir com cuidado. 🙂
    Abracos e bom passeio para vocês!

  • Renata RZ

    Oi MAri! Fiquei muito feliz com a notícia do bebê!
    Mas não estou conseguindo comentar lá no post.
    Beijinhos verdes com cheirinho de talco

Leave a Comment