De volta para casa

E chegou a hora de mudar de novo.

Desde que vim morar na Áustria sempre pensei em um dia voltar para o Brasil. Apesar de tudo de bom que tem aqui, meu coração sempre sentiu um aperto grande e a falta de alguma coisa. E essa coisa na verdade são várias, que nem adianta listar. Cada um sabe o apego que tem a sua família, amigos e raízes. Estamos indo na semana que vem. Foi tudo muito rápido, vai ser mega corrido até o dia de ir embora. Ainda precisamos fazer as malas e nos desfazer de muita coisa que não vamos levar. Vai ser um recomeço, mas estamos super animados com o que nos espera na nossa nova vida. Claro que estamos tristes de deixar pessoas queridas e uma cidade linda como Innsbruck. Mas isso vai ser tema para outro post porque hoje vim aqui para responder algumas perguntas que sempre estão me fazendo a respeito da mudança.

———————————————————————————————————————————

Por que vocês vão mudar?

Primeiro era por causa da minha obrigatoriedade de voltar ao Brasil devido a bolsa do doutorado pelo Ciência sem Fronteiras. Não terminei o doutorado ainda (vou terminar do Brasil e voltar para cá para defender a tese), mas o Thomas acabou recebendo a proposta de ir pela empresa e por isso vamos antes do que o previsto (que era quando eu terminasse o doutorado).

Para onde vocês vão?

Vamos mudar para São Paulo (Capital).

O Thomas vai junto?

Sim, o Thomas vai junto. (Juro que praticamente 80% das pessoas daqui me perguntaram isso)

Não tem medo de ir para a cidade grande?

Tenho, muito. Fiquei dias sem dormir quando soube que teria que me mudar para lá. Mas vamos tentar nos acostumar.

Mas será que vão se acostumar? Innsbruck é tão tranquila, a qualidade de vida aí é tão boa, acho que vai ser difícil para vocês…

Sim, vai ser difícil. Mas estamos indo com o pensamento positivo de que as coisas vão dar certo. Vai ser diferente, vai ser complicado, mas com o tempo a gente vai se adaptar. E se não nos adaptarmos, aí a gente vê o que faz. Somos pessoas flexíveis e sem medo de aventuras.

Vocês são loucos de vir para o Brasil agora com essa crise e tudo mais.

Apesar de isso não ser uma pergunta, é algo que praticamente todo mundo me fala. Sim, o Brasil está uma loucura, mas se eu for esperar melhorar para me mudar, não mudo nunca mais. Rs. Brincadeiras à parte, sabemos de tudo que nos espera e estamos cientes de que o Brasil é muito diferente da Áustria e que tem seus problemas. Não somos ingênuos nem bobos e vamos tentar nos adaptar a tudo isso.

Quanto tempo vão ficar em SP?

Temos intenção de ficar por um bom tempo e não temos previsão de quando e se vamos voltar para a Áustria. Tudo depende.

Como vão fazer com a criação do Manuel, ele vai falar alemão ou português?

Vamos tentar criar ele falando as duas línguas em casa, eu português e o Thomas alemão. Eu e Thomas queremos falar alemão entre nós para ele ter mais contato com a língua dentro de casa já que fora será só português. Veremos como vai ser, espero que dê certo. Mas para nós é importante que ele fale as duas línguas.

————————————————————————————————————————-

É isso, vou nessa continuar a arrumar as coisas por aqui que ainda tem muito o que fazer antes de embarcar!

O blog continua. Tenho muita coisa pra contar ainda. 😊

Um beijo!

Recent Posts